EVOKE VAI LÁ # 92ATEOINFINITO COM FABIO BITÃO

Quem acompanha a cena do skate, especialmente em São Paulo, provavelmente conhece o Fabio Amad, mais chamado de Bitão. Se não sabe, certamente já viu o estilo do paulista nas revistas mais importantes do gênero do Brasil, além de em publicações estrangeiras respeitadas. Dos anos 90 pra cá, Bitão se consolidou como um dos mais respeitados fotógrafos brasileiros de skate, paixão da vida que serviu de embalo para que ele participasse de projetos importantes também em outros segmentos, como arte, música, moda e fotojornalismo.

São os 20 anos de carreira, de envolvimento e de persistência do Bitão (muito antes dos iPhones e do skate ter se popularizado, ele estava lá, de corpo, alma e câmera na mão) e duas décadas de raízes da cultura urbana que hoje dita tendência que celebra a expo 92ATEOINFINITO, em cartaz na Matilha Cultural (Rua Rêgo Freitas, 542) até o próximo dia 09. Aqui, a gente divide um pouco do trampo expert do Bitão, algumas das 2000 imagens que fazem parte da mostra gratuíta. Depois da nossa prévia, vai lá!

O atleta Evoke Biano Bianchin (e nosso modelo assinado por ele, edição especial do EVK 07 ), pelas lentes do Bitão.

Entre os veículos com os quais o Bitão colaborou estão Trip, Folha de SP, Estadão, Rolling Stone, Vista, O Globo, Juice, Slap, Juxtapoz, Sugar, King Brow, para começar. Acima, o anúncio de lançamento do nosso Evoke X Zegon, clicado por ele.

Como é possível sentir com as imagens acima, um dos principais diferenciais do Bitão é que ele conhece de verdade o que fotografa (foi patrocinado como skatista profissional, sempre frequentou a cena da street art e sempre foi ligado em música), o que dá uma profundidade ímpar às suas fotos. Afinal, quem mais poderia clicar a estrela Bob Burnquist pela ótica de amigo? Quer ver a foto? Então vai lá!

O próprio.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais

O projeto 92ATEOINFINITO resultou também em um livro de fotos, que será lançado durante a mostra. Além da exposição, cinco obstáculos de skate foram montados no andar superior da Matilha, para que skatistas convidados deem um rolê enquanto são fotografados. Na exposição, quem tiver afim pode comprar as obras de Bitão;  a grana será revertida para ajudar o espaço a manter seus eventos culturais. (Via +Soma)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *