FAMIGLIA EVOKE # DIA DOS PAIS

Hoje é dia de homenagear os nossos progenitores do sexo masculino e pra comemorar essa data fizemos um raio x de André Barros por Pedro Barros e vice e versa.  Quer saber como é a relação desses dois?

Se liga!

1

Evoke: Qual foi o primeiro pensamento que veio à sua cabeça quando o Pedro nasceu?

André Barros: Agora minha vida vai ser dedicada para garantir a melhor educação para o futuro dessa criatura. Quero ser seu amigo muito mais do que pai.

Evoke: O que mudou na sua vida depois do Pedro?

André Barros: Na verdade só meu direcionamento de vida que mudou. Na prática, quase tudo se manteve. Meu lifestyle principalmente, continuei com o mesmo ciclo de amizade, surfando sempre, vivendo praticamente a mesma vida. O que mudou foi que tudo agora era feito pensando nele e não em mim! Acabou o Andre Barros e virou metade metade. Como se eu fosse duas pessoas ao mesmo tempo. Meus pensamentos passaram a priorizar essa outra parte de mim, o Pedro.

Evoke: Você além de pai, também é parceiro do Pedro. Como é a relação de vocês?

André Barros: Como eu havia desejado, ele realmente se tornou meu um grande amigo. Foi bem natural, consequência da convivência física mesmo. Sempre estivemos juntos em quase todos os momentos desde então.

André Barros por Pedro Barros 

2 

Evoke: Como é ter um pai que também é parceiro?

Pedro Barros: Pô, é tão engraçado como muita gente me pergunta algo que pra mim sempre foi natural. Eu acho que isso deveria ser o normal e não algo diferente como parece quando me perguntam isso.  Respondendo entã,o eu diria que isso me ajudou muito ser quem eu sou! Não como skatista apenas, mas como pessoa. Ele conseguiu transmitir seus valores naturalmente.

Evoke: Como funciona a relação de pai e treinador?

Pedro Barros: Isso na verdade nunca existiu. Claro que em alguns momentos ele me deu sugestões, como até hoje. Meu pai tem uma boa percepção das coisas que acontecem a sua volta. Uma visão de fora pode mostrar um caminho mais fácil. Mas no skate em geral não existe esse tipo de coisa. Agente treina andando no dia a dia nas sessões com os amigos sem nenhum tipo de treinamento. O seu papel maior na minha carreira foi o suporte geral. Facilitar os caminhos, organizar tudo me deixando mais livre para simplesmente andar de skate.

Evoke: Qual recado você mandaria (hoje que é dia dos pais), para o seu pai?

Pedro Barros: Meu pai não gosta desse tipo de comemoração capitalista. Ele acredita que tudo isso foi conduzido para o consumo e não para o verdadeiro sentimento. Dia dos pais é qualquer dia. Sem compromisso marcado. Mas para não ficar em branco, vai um recado que ele já ta careca de saber, pois esse dia existe sempre para nos. É ” noix”  pai! Tamos juntos e sempre estaremos.

One thought on “FAMIGLIA EVOKE # DIA DOS PAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *