Evoke Back in the Days # Lúcio Maia

 

foto: Evoke House of Jam

Lúcio Maia é um guitarrista que não passa despercebido. Ele ginga, pula e dança ao empunhar sua guitarra. Estilo não lhe falta no palco… e nem fora dele.

No palco eu uso bastante óculos escuros e chapéu. Daí quando eu tiro ninguém me reconhece. É ótimo!”, brinca.

Pernambucano radicado em São Paulo, ele é conhecido em todo o Brasil como o guitarrista da Nação Zumbi. Banda onde Lúcio se mantém desde os primórdios, no início dos anos 90.

Mas a inquietude de Lúcio Maia – que facilmente se nota em suas performances cheias de energia – também se converte na vontade de fazer novos sons, de sair da zona de conforto.

Em 2007 lançou seu primeiro álbum solo “Homem Binário” e chamou este novo projeto de Maquinado. Em 2010, o Maquinado lançou o segundo disco “Mundialmente Anônimo: O Magnético Sangramento da Existência”.

Em 2010 também incorporou a banda Almaz junto ao cantor Seu Jorge, lançando o disco “Seu Jorge e Almaz”. Em 2011 foi a vez de Marisa Monte contar com seus riffs no disco “Verdade uma Ilusão” e nos palcos, durante a turnê em 2012 e 2013.

No meio da tour com a Marisa nasceu ainda o projeto Los Sebosos Postizos, que em 2012 lançou “Los Sebosos Postizos Interpretam Jorge Ben Jor”. Esse aclamado disco (que por sinal conta com as faixas da fase mais prolífica da carreira de Jorge Ben) veio para reforçar a fascinação de Lúcio pela história da música brasileira nas décadas anteriores.

Todo dia alguém descobre um artista dos anos 60/70 legal demais que ninguém conhecia”, observa.

Em 2014 ele veio com o projeto Zulumbi ao lado do MC Rodrigo Brandão e do DJ PG. O trio lançou um disco homônimo onde aprofundou a conexão entre os batuques afro-brasileiros, a psicodelia e o hip hop.

Hoje, em 2018, Lúcio Maia apresenta seu mais novo projeto; o Quarteto Los 5, uma incursão inédita pelos ritmos latinos.

arte: Carol Shimeji

 

“A confraria de 5 amigos unidos pela música. Sempre quis ter uma banda de salsa ou merengue  ou afro cuba, ritmos que sempre adorei. Encontrei essa turma ao longo da vida e é uma honra tê-los como parceiros”, afirma.

 Assista ao Quarteto los 5:

Com tantos projetos na manga e reconhecido pela crítica brasileira como um dos maiores guitarristas do Brasil, Lúcio Maia é realmente uma Jam Session em pessoa. Em 2014 ele esteve em nossa House of Jam, para a qual preparou um  medley com excelentes referências.

Reveja:

 

E o desafio que lançamos a ele: “Lúcio, se você pudesse escolher músicos para chamar para uma jam, quem escolheria?”

“Wilson das Neves na bateria;

Bootsy Colins no baixo;

Luiz Gonzaga na sanfona;

Wes Montgomery na guitarra;

Thelonious Monk no piano;

E eu ia ficar assistindo.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *